Uma questão de fé

Uma questão de fé

É tempo de falar de Fé, seja ela por devoção religiosa em qualquer dos credos; seja ela apenas na Natureza Humana. A semana que termina foi marcada por muitas demonstrações em crenças, principalmente no cristianismo e na natureza da humanidade.

É também a FÉ do Estadista argentino Jorge Mario Bergoglio, tornado Papa Francisco, também já admitido como chefe espiritual do Cristianismo, mais vasto que o catolicismo -curiosamente das Igrejas mais moderna do cristianismo, originária da queda do Império Romano-, mas acima de tudo tornado a VOZ dos mais desprotegidos, dos oprimidos, dos pobres, dos novos escravos modernos, filhos da globalização e da ganância desmedida, que surgem em cada dia, em maior número, nas autocracias e nas pseudodemocracias (algumas ocidentais).

Papa Francisco é muito mais que o representante da FÉ católica ou em uma ou mais "imagens" bíblicas. Ele é o homem do Mundo que tem FÉ nos homens de bem e acredita que todos têm esse lado, o da bondade, da honestidade, da resiliência, da capacidade em partilhar, de fazer o bem...

E Francisco exorta-o com reverência, mas sem brandura de gestos ou palavras delicadas.

Foi este homem - Estadista inquieto e universal - que esteve em Portugal pouco mais de 22 horas, o tempo suficiente para conter milhões de devotos e não crentes do Mundo.

 

Login to post comments

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa