Declaração de Voto da CDU em A dos Cunhados e Maceira, relativamente à instalação da Junta

Declaração de Voto da CDU em A dos Cunhados e Maceira, relativamente à instalação da Junta

Relativamente aos resultados da últimas eleições autárquicas, e à instalação dos órgãos eleitos da Freguesia de A dos Cunhados e Maceira, recebemos da CDU o seguinte comunicado que transcrevemos na íntegra:

"Declaração de Voto da CDU na Eleição do Executivo da Freguesia de A-dos-Cunhados e Maceira

A CDU, como força política responsável e consistente, faz a seguinte declaração de voto:

No passado dia 1 de Outubro, a população da União de Freguesias de A dos Cunhados e Maceira foi, uma vez mais, chamada a participar nas Eleições Autárquicas de 2017.

Foram vários os partidos políticos e coligações apresentados a votos, com propostas políticas e programas eleitorais diferentes.

Acreditamos que o programa apresentado e defendido pela CDU seria o que melhor serviria a população desta enorme União de Freguesias:

Ø  Estivemos sempre contra a extinção e agregação de Freguesias, porque entendemos que aconteceram por razões economicistas que não servem as pessoas, e continuaremos a lutar ao lado das populações que reivindiquem a sua autonomia;

Ø  Debatemo-nos contra o encerramento do Centro de Saúde de A dos Cunhados, lutando ao lado da população, para que fossem dadas melhores condições a todos os utentes da União de Freguesias e continuaremos a defender Serviços Públicos de qualidade;

Ø  Defendemos a criação de reservas de água no rio Alcabrichel para uso agrícola e outras utilizações de lazer.

Contudo, a população de A dos Cunhados e Maceira, com toda a legitimidade e direito democrático, votou maioritariamente noutra força política e noutro programa eleitoral, para governar a União de Freguesias, nos próximos 4 anos.

Do voto da população, saiu a constituição desta Assembleia de Freguesia:

  • 6 Eleitos do PS;
  • 5 Eleitos do PSD/CDS-PP;
  • 1 Eleito da CDU;
  • 1 Eleito do Movimento Torres nas Linhas.

Desta forma, é claro para nós que a população de A dos Cunhados e Maceira espera que o PS forme Executivo e governe a Freguesia.

Na Assembleia de Freguesia, do passado dia 18 de Outubro, por ter havido um empate, 6 votos a favor, 6 votos contra e uma abstenção do eleito da CDU, não foi possível constituir o executivo proposto pelo Sr. Presidente de Junta.

A lei para as Eleições Autárquicas é clara: Ganha o cidadão da lista mais votada e é a ele que cabe a responsabilidade de constituir o Executivo.

A CDU acredita que uma oposição leal e responsável, não se faz impedindo a constituição desse mesmo Executivo, faz-se ao longo do mandato, votando a favor do que servir melhor a população e votando contra o que entendermos que não a servirá, faz-se apresentando propostas, defendendo ideias, votando de acordo com o interesse da população.

Não será pois, pela CDU, que o Executivo não se constituirá e não trabalhará!

Assim, de forma absolutamente consciente e em conformidade com a vontade expressa pela população no dia 1 de Outubro, o eleito da CDU votou favoravelmente a constituição do Executivo proposto, assim como votará favoravelmente a proposta de Mesa da Assembleia, apresentada pelo PS".

Login to post comments

O Estado do Tempo em Torres Vedras

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 292 Visitantes e 29 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa