Marco Santos das decorações... ao Carnaval!

Marco Santos das decorações... ao Carnaval!

Tem quarenta e seis anos de idade e, embora tenha nascido em Lisboa, com um ano de idade já estava a viver em Torres Vedras, pelo que esta é a “sua” terra.

Aqui estuda e por aqui passa a sua infância e juventude, começando a trabalhar muito novo ainda, aos dezoito anos e logo que termina o secundário, nos antigos Armazéns Conde Barão, também na cidade, onde se mantém cerca de nove anos.

Com um colega abre o seu primeiro estabelecimento, aos vinte e poucos anos, na “rua dos correios”, mesmo “ali ao lado”, na área dos tecidos e da confeção, área em que já tinham experiência adquirida. Foi um projeto que recorda com paixão já que acabou por correr bastante bem, sempre acarinhados por uma clientela fiel.

O espaço era pequeno e três anos depois, há vinte e dois anos, Marco Santos muda-se para o atual estabelecimento, uma área maior e mais funcional, onde para além dos tecidos aposta na área da decoração, para a qual tem uma aptência muito especial e que hoje é a sua imagem de marca.

O sócio de então “por razões da vida” opta por enveredar pela hotelaria e há quatro anos que o Marco fica sozinho ao leme dos destinos da empresa, desta e de uma outra no ramo dos transportes e mudanças que entretanto cria, porque os próprios clientes encontravam alguma dificuldade, sobretudo quando mudavam de casa, e Marco vê também aí uma oportunidade de negócio, ao mesmo tempo que solucionava um problema dos seus próprios clientes.

A grande diferença que sente desde esses tempos em que esteve empregado para os tempos em que decidiu ser empreendedor é sobretudo a responsabilidade e a inexistência de horário, pois passou a chegar a casa “quando se despacha” e não consegue ter férias de um mês como quando esteve empregado, mas não se arrepende de o ter feito, sendo que se a situação se lhe deparasse hoje, afirma que seguiria o mesmo caminho.

Mas para além da vida empresarial é habitual ver o Marco muito ligado ao Carnaval de Torres.

Desde muito cedo que “lhe ganhou o gosto”, acabando por criar um grupo de foliões com cerca de sessenta / setenta pessoas -“Marco Santos e amigos”- que fazem furor pelos festejos e onde se fazem notar, em especial pela alegria e criatividade demonstradas ano após ano.

Marco Santos tem um carinho muito especial pelo grupo, que começou com uma dúzia de pessoas e tem vindo a crescer, divertindo-se imenso nos dias de Carnaval mas também em todos aqueles dias, sempre depois da passagem de ano, que o antecedem e em que é necessário fazer a preparação para que tudo corra bem.

“Mares e Oceanos”, o tema do próximo ano e vai ser mais um enorme desafio, já que é o próprio grupo que faz as suas próprias máscaras e indumentárias e o tema “vai dar luta”.

Ainda assim, não esquece a indumentária “A Barraca”, que lhes valeu um prémio, assim como “Os Pinóquios”, que também fizeram enorme sucesso.

Para além de diversos outros prémios que já arrecadaram, com o grupo, Marco Santos destaca a enorme evolução que tem havido na preparação dos próprios grupos bem assim como a competição saudável que se tem verificado... e o Carnaval está já por aí.

Contadores reiniciados!...

Login to post comments

O Estado do Tempo em Torres Vedras

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 612 Visitantes e 23 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa