Os ajustes diretos na Câmara de Torres Vedras são o tema da rubrica "O Olhar de Carlos Rosa", emitida esta segunda-feira na Rádio Europa (93.8FM)

Os ajustes diretos na Câmara de Torres Vedras são o tema da rubrica "O Olhar de Carlos Rosa", emitida esta segunda-feira na Rádio Europa (93.8FM)

Os ajustes diretos nas adjudicações pela Câmara de Torres Vedras e as consequências dos mesmos são o tema da rubrica semanal do nosso diretor, na rubrica semanal "O Olhar de Carlos Rosa" que passa às segundas-feiras na Rádio Europa, 93.8FM, a seguir às 8h30, 10h30, 13h30 e 18h30.

Este é um tema que vem levantando alguma polémica nos últimos dias, pelo que é de todo atual.

A rubrica pode ser escutada online aqui,
ou lida no texto que se segue:

 

"Olá amigos.

Esta semana, vos falar-vos dos tão badalados ajustes diretos.

As adjudicações por parte da Câmara de Torres Vedras têm estado na ordem do dia.

Com toda a celeuma que vem sendo levantada em torno dos ajustes diretos por parte do município, há algumas coisas em que não posso deixar de reparar.

A Câmara de Torres Vedras tem vindo, nestes últimos tempos, a empenhar-se na recuperação e alcatroamento de algumas vias, e estradas municipais, que realmente se encontravam em muito mau estado e não tinham manutenção há alguns anos.

Penso ser pacífico que toda a população deverá estar satisfeita por a autarquia finalmente se lembrar, ou ter possibilidade, de recuperar as vias de comunicação que tanta falta fazem a quem vive, e trabalha, nas diversas povoações do concelho.

Até aqui tudo me parece bem, digno de registo e aplauso.

O que não compreendo é se o município, ou a empresa a quem adjudicou os trabalhos, descobriram uma nova forma de pavimentação ou se algo está a correr mesmo mal.

Em quase todas as vias por que passei pareceu-me que se estão a reparar estradas com ventilação, eventualmente para deixar respirar as camadas de estrada que ficam por baixo do alcatrão à superfície.

Por exemplo, numa estrada reparada há cerca de mês e meio, entre Varatojo e a Ribeira de Pedrulhos / Figueiras, em poucas centenas de metros onde a estrada foi alcatroada numa das faixas, são cerca de duas dezenas os buracos existentes e bem visíveis que foram deixados logo na sua reparação.

Primeiro, ainda pensei que fosse normal, que depois fosse colocada uma última camada para regularizar o pavimento e preencher os referidos buracos. Mas, afinal parece-me que não, que as obras terminaram e os ditos buracos fazem parte do embrulho.

Até se compreende que as empresas adjudicatárias tentem reduzir ao mínimo os gastos com a obra, o que não entendo é que a Câmara Municipal não tenha, ou não queira, colocar alguém a fiscalizar as adjudicações que faz e a obrigar os empreiteiros a entregar as mesmas com um mínimo de condições e qualidade.

Claro que estas situações dão logo motivo a que se fale, e se comente, que como os referidos ajustes diretos são feitos a empresas de pessoas simpáticas ao poder vigente, por isso a margem de tolerância é demasiado elevada. E estou a ser simpático nos comentários que tenho escutado.

Sinceramente, não sei quem está encarregue das repavimentações em curso, o que sei, porque também circulo por elas todos os dias, é que algo está a correr menos bem, e essa coisa de pavimentação com respiradores é coisa que não me convence.

Certamente que alguém já deve ter reparado nos referido buracos, pois não tenho a veleidade de ser a única pessoa que vê estes trabalhos, só aguardo que a própria Câmara Municipal de Torres Vedras também faça o seu papel. Fiscalize e faça com que a normalidade seja reposta e as muitas centenas de milhar de euros investidos não o tenham sido em vão, pois estamos na época das chuvas e os referidos buracos não têm tendência a fechar-se como por magia, antes pelo contrário.

Vamos aguardar serenamente.

Estamos na época de Natal, por isso tenho fé em que algo se acabará por passar...

Até para a semana, amigos..."

 

Login to post comments

O Estado do Tempo em Torres Vedras

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 1037 Visitantes e 17 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa