Plano de Atividades da Promotorres - Empresa Municipal de Torres Vedras, é o tema desta semana d'O Olhar de Carlos Rosa

Plano de Atividades da Promotorres - Empresa Municipal de Torres Vedras, é o tema desta semana d'O Olhar de Carlos Rosa

 

Esta semana, o nosso diretor fala do plano de atividades da Promotorres, a empresa municipal, e da forma como foi abordado na última reunião de Câmara, em Torres Vedras.

É possível escutar a rúbrica "O Olhar de Carlos Rosa" na Rádio Europa (93.8FM), às 7h30, 10h30, 13h30 e 18h30, online no link abaixo


 

ou ler-se no texto que se segue:

"Olá amigos.

Já não nos encontrávamos desde o ano passado.

Que 2017 vos traga muita felicidade e muitas coisas boas.

O ano que passou foi repleto de acontecimentos, que embora já tenham ficado para trás é sempre bom recordar.

Em Torres Vedras, por exemplo, estive na última Reunião de Câmara do ano.

Para além de muitos assuntos interessantes, um houve que me despertou a atenção.

Um dos vereadores da oposição questiona Carlos Bernardes sobre o plano de atividades da Promotorres - a empresa municipal, que o presidente, em Março, havia prometido ser entregue em Junho, para todo o executivo poder analisar.

Claro que em Dezembro ainda não havia plano entregue, pelo que percebi, e o presidente Carlos Bernardes responde ao dito vereador que em princípio para final de Fevereiro o referido plano seria então entregue.

O vereador da oposição, como não ficou muito satisfeito com o “em princípio” do presidente, questiona o mesmo se o Conselho de Administração da dita Promotorres não era indicado pelo executivo, e pelo presidente em especial, e qual a razão para um ano depois ainda ser “em princípio” que o plano seria apresentado, à revelia do prometido pelo presidente, e nada parecer acontecer.

Claro que Carlos Bernardes é político, e apressou-se a corrigir que “em princípio” o dito plano seria apresentado até fim de Fevereiro, se não fosse antes, claro!

O vereador da oposição deve ter percebido mal...

Estava a assistir e, como é evidente, sorri para dentro.

Nem esta empresa municipal parece ligar muito às diretivas que lhe são dadas pelo executivo, ao qual teoricamente está obrigada, nem o executivo aparenta estar muito preocupado com isso.

Bem, quando digo “executivo” não devo esquecer que, como há uma maioria absoluta, as coisas também não são tão lineares assim. O partido da maioria diz que é assim... e os outros registam, pois quer gostem ou não está aprovado, ou rejeitado, à partida.

Sinceramente nem percebo para que querem os vereadores da oposição o dito cujo plano, pois o mesmo, embora não esteja feito está aprovado à partida.

Nunca me esquece uma situação semelhante, em que falando com o filho de um amigo meu, a propósito de um determinado assunto, este me dizia que lá em casa era uma autêntica democracia: O pai mandava e a mãe e os filhos diziam que sim.

E, dizia-me ele, que assim tudo parecia correr bem, nunca havia conflitos.

A nossa democracia também tem destas coisas...

 

Até para a semana, amigos..."

 

Login to post comments

O Estado do Tempo em Torres Vedras

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 1186 Visitantes e 8 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa