Queixas sobre serviços públicos aumentam em 40% no início deste ano

Queixas sobre serviços públicos aumentam em 40% no início deste ano

Segundo nota de imprensa recebida, "o 'Portal da Queixa' - a maior rede social de consumidores do país - registou um aumento significativo do número de reclamações dirigidas aos serviços públicos. Entre janeiro e maio de 2018, verificou-se uma subida na ordem dos 40% das queixas, comparativamente com o período homólogo. A Segurança Social, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e o Centro Nacional de Pensões (CNP) lideram o topo da lista dos organismos públicos com mais reclamações recebidas na plataforma do Portal da Queixa. O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), o Ministério da Educação e da Ciência (MEC) e o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) são, por outro lado, quem mais resolve as queixas.

De janeiro a maio de 2018, a Segurança Social já recebeu cerca de 881 reclamações, o que a coloca no topo das entidades com maior número de queixas. Grande parte das reclamações são referentes a problemas na atribuição dos rendimentos, abonos ou outros. Cerca de 62% dos consumidores reclama das falhas no atendimento e na análise da situação e, 38% dos casos, denuncia os atrasos significativos na entrega de subsídios e a falta de resposta por parte da entidade.

No segundo lugar da tabela, segue-se o SNS com cerca de 273 reclamações. 52% das queixas prende-se com o mau atendimento e 45% com o mau serviço prestado nos hospitais ou centros de saúde. Segue-se na tabela, o Centro Nacional de Pensões com um registo de 264 reclamações desde o início do ano".

Login to post comments

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa