Anorexia nervosa não se resume a dietas rígidas

Anorexia nervosa não se resume a dietas rígidas

A anorexia nervosa é uma perturbação do comportamento alimentar e atinge cerca de 1% da população. Pode surgir em qualquer idade e afetar ambos os sexos, embora prevaleça em jovens adolescentes do sexo feminino.

O quadro clínico é habitualmente complexo e caracteriza-se por uma preocupação exagerada com o peso. Numa fase inicial, há uma diminuição da ingestão de alimentos, que é auto-imposta de forma rígida e que não se associa, na maior parte das vezes, a uma verdadeira diminuição do apetite. Surgem também outras estratégias para a perda de peso, como a prática de exercício físico intenso, a indução de vómito ou o uso de laxantes e diuréticos.

Para além dos sintomas nucleares da doença, surgem muitas vezes outras queixas psiquiátricas, como o humor depressivo, a ansiedade aumentada, as alterações do padrão habitual de sono, o isolamento social, sentimentos de tristeza, culpa e desvalorização pessoal.

A doença é muitas vezes crónica e o tratamento pode ser longo e difícil.

A pensar no seu bem-estar, deixamos a informação para que não faça dietas, sem que primeiro esteja informado sobre os riscos a que está sujeito.

Login to post comments

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa