fbpx
Mais um caso na cidade eleva para 7 os casos "ativos" COVID em Torres Vedras (21 Maio)

Mais um caso na cidade eleva para 7 os casos "ativos" COVID em Torres Vedras (21 Maio)

Esta quinta-feira verificou-se mais um caso "tivo" confirmado em Torres Vedras, nas Freguesias de Santa Maria, São Pedro e Matacães (cidade e lugares envolventes) o que eleva para 7 o número de casos "ativos" presentemente, segundo dado recebidos da Proteção Civil de Torres Vedras / Câmara Municipal.

O "caso" da Silveira que se depreende ser um "falso positivo" aguarda resultado a novo teste efetuado.

Para evitar qualquer eventual interpretação menos eficaz, deixamos na íntegra a comunicação das entidades acima:

"Neste momento, o concelho de Torres Vedras conta com sete casos ativos de doença COVID-19, que se encontram a ser acompanhados pelas autoridades de saúde. No total, foram contabilizados 50 casos confirmados, dos quais 43 recuperados.

A distribuição de casos ativos pelas freguesias do Concelho faz-se da seguinte forma:

  • Santa Maria, São Pedro e Matacães: 4
  • Freiria: 1
  • Silveira: 1
  • União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira: 1

Sublinhe-se que o caso ativo em Silveira é um possível falso positivo que aguarda confirmação pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

Existem 10 casos suspeitos, que se encontram a aguardar os resultados laboratoriais, e 57 contactos sob vigilância ativa das autoridades de saúde".

Estas entidades, voltam ainda a reafirmar os conselhos transmitidos ao longo da pandemia, nomeadamente:

"As máscaras devem ser utilizadas de forma generalizada pela população, devendo ser considerada enquanto medida complementar que não põe em causa as medidas de distanciamento e isolamento implementadas até ao momento, nem as recomendações de saúde e etiqueta respiratória.

Nos termos do Decreto-Lei n.º 20/2020 de 1 de maio é obrigatório o uso de máscaras ou viseiras para o acesso ou permanência nos espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, nos serviços e edifícios de atendimento ao público e nos estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos maiores de seis anos. É ainda obrigatório o uso de máscaras ou viseiras na utilização de transportes coletivos de passageiros.

Mantenha-se informado através de fontes oficiais.

Não seja veículo de informação não confirmada".

Login to post comments

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa