fbpx
Torres Vedras continua a aumentar casos COVID, com mais 4 confirmados este sábado

Torres Vedras continua a aumentar casos COVID, com mais 4 confirmados este sábado

O foco que surgiu no concelho, embora de certa forma controlado, continua a aumentar os casos "positivos" em Torres Vedras, com mais 4 confirmados neste sábado, o que eleva a 35 os casos "ativos" presentemente no concelho e faz com que se atinja a centena de casos de pessoas infetadas desde início da pandemia, segundo dados oficiais recebidos da Proteção Civil / Câmara Municipal.

Segundo estas entidades "O aumento significativo de novos casos confirmados ao longo dos últimos dias deve-se ao surgimento de um ”cluster” de COVID-19 no Hospital de Torres Vedras. À medida que é desenvolvido o rastreio de contactos a profissionais e utentes, continuam a ser detetados casos associados a este “cluster”.

São agora 10 as pessoas que aguardam resultados laboratoriais a teste entretanto realizados e 91 outras encontram-se em "vigilância ativa" devido a contacto com infetados.

Pela positiva as 63 pessoas que já foram dadas como recuperadas. A lamentar as 2 mortes devido ao Coronavírus.

Atualmente a distribuição dos casos "ativos" pelas freguesias de Torres Vedras é a seguinte:

  • Santa Maria, São Pedro e Matacães: 13
  • São Pedro da Cadeira: 9
  • Silveira: 4
  • União das Freguesias de Dois Portos e Runa: 3
  • União das Freguesias de Maxial e Monte Redondo: 2
  • Freiria: 1
  • Ponte do Rol: 1
  • União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira: 1
  • União das Freguesias de Campelos e Outeiro da Cabeça: 1

Ainda sobre as entidades acima referidas, a ter em atenção as indicações deixadas pelas mesmas, em especial:

"O uso de máscaras ou viseiras é obrigatório, nos termos do Decreto-Lei nº 24-A/2020 de 29 de maio, para pessoas com idade superior a 10 anos para o acesso ou permanência em espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, edifícios públicos ou de uso público onde se prestem serviços ou ocorram atos que envolvam público, estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos e no interior das salas de espetáculos, de exibição de filmes cinematográficos ou similares. É ainda obrigatório o uso de máscaras ou viseiras na utilização de transportes coletivos de passageiros.

A utilização de máscaras previne a dispersão do vírus pelo que a população deverá, sempre que possível, utilizar esta proteção de forma generalizada. Esta medida complementa as medidas de distanciamento e isolamento implementadas, bem como as recomendações de higiene e etiqueta respiratória já divulgadas.

Cumpra as recomendações da Direção-Geral da Saúde. 

Mantenha-se informado através de fontes oficiais.

Não seja veículo de informação não confirmada".

 

Login to post comments

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa